segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Omnipresença

Voltei. Voltei a Madrid, voltei às aulas, aos treinos intensos, às dores, às lesões. Voltei a uma terra que já não é a que aqui deixei. Voltei a uma vida que já não é a minha há muito tempo. E voltei, por momentos, ao corpo de um ser que já não sou eu.

Por isso tive que renovar tudo. A casa, a vida, os amigos... e por isso tardei um pouco. Bom, dois meses e meio! Vamos, tardei um pouco!
Mas voltei. Voltei aqui também, por tê-lo prometido a um Anjo. No fundo, creio que ele mo pediu para impedir que eu me volte a perder...

Um terço desta aventura já passou. Por muito dura que tenha sido até aqui, agora é que vai começar a aquecer.
Técnicas. Dores. Suores. Frios e não só. Suor de esforço, de dor, de sofrimento. De saudade. De SAUDADE! Da dor que nos dá vida e nos tortura, por falta de omnipresença nas nossas vidas.

Parto esta semana para Lisboa, para recarregar baterias, fazer uma digressão e fazer umas obras num joelho, que está a precisar. A ver vamos quando voltarei. Seja como for, com ou sem mobilidade no joelho, tenho quatro meses e meio para recuperar tudo o que perdi. Com alguma sorte, recupero a minha sanidade... Não?

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

"A preparar-me para me meter em sarilhos..."

Dias de maré cheia. Em que as correntes se cruzam, medindo forças, e arrastam consigo os braços, as pernas, os cabelos. Correntes contrárias que amassam o leito do rio e o deixam despenteado. Cá fora, uma brisa suave nunca faria adivinhar o que se passa lá em baixo. Cá fora, o sol brilha, aquece, ainda que só a fingir, e as horas passam pelas folhas das árvores, acariciando-as e levando-lhes o tempo.
À tona, um ligeiro derrame aqui e ali, que se confunde com o cansaço do rio, que corre sobre estas margens há tanto tempo. Lá em baixo, o turbilhão. Sem resistência, sem luta, sem esperança ou desespero. assim, como a roupa na máquina de lavar. Deixando-se levar... deixando-se lavar... E dançando. Oh, sim! Isso sempre! Sempre, sempre dançando! E é assim que sabemos que tudo está bem!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Dia 152 - A piñón...

A treinar com as mãos entrapadas e o mimo dos colegas, que me espalham pomadas nas vergastadas das costas...
Y todavia sigo alante.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Dia 143 - Gracias, Madrid!

Depois de ter recebido algumas reclamações por falta de notícias, dei-me conta de que devia uma explicação àqueles que se dão ao trabalho de ler as minhas tonterias.
Depois do sismo que abalou a minha vida, estive fora de Madrid, em ensaios e digressão e tudo isto comprometeu a possibilidade de relatar as minhas aventuras.
De momento, ando tão atarefada com tudo o que me cai no colo, que alguma coisa terá de ficar para trás.
Madrid tem sido generosa! E eu tenho que dar-me pressa, para não perder oportunidades e poder deixar sementes aqui plantadas, quando regressar a Portugal.
Tentarei dar notícias tanto quanto me for possível!

Soy un gato. Tuve suerte...

domingo, 16 de maio de 2010

Dia 126 - Same old, same old...

De volta a Lisboa, para uma semana de ensaios do "Agosto", que levaremos a Macau na próxima semana.
Encontro tudo na mesma. Em tudo o que isso tem de bom e de mau!
A minha mãe, however, é a melhor do mundo! Gracias Mamma!

It's a brand new world...

sábado, 15 de maio de 2010

Dias 118 a 125 - Semana sabática...

No te confundas, niña!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Dia 117 - Gatos sem rabo (Hoje é um dia daqueles!)

Sexta-feira. Pergunta-me o austríaco se dormi bem. Na verdade, nem por isso! É que não consigo acertar os sonos, nem dormir o que devia para descansar o corpo. É capaz de ser por haver demasiadas coisas a acontecer ao mesmo tempo. Mas logo me havia de dar cabo dos sonos? Eu preciso de descansar!!!

Enfim, a aula de trapézio foi dolorosa. Pela barra e cordas do trapézio, não por esforço. Tenho uma valente queimadura no braço e amanhã terei nódoas negras em ambas as pernas! O circo é um spa, da igual! A ver se há uma alma caridosa que me dê uma massagem.

A maravilha acrobática do dia não tem nome. É uma queda no trapézio que mete um medo horroroso e dói ainda mais. Mas fi-la! Não uma nem duas, mas 4 vezes, por causa das tosses!
E como sou a ajudante oficial da prof, lá estive a dar assistência às colegas. As pessoas são tão engraçadas quando têm medo! Ficam completamente irracionais...

Em excêntrica, já construímos o numerito de conjunto! Vamos lá ver o que dá, com tanta gente e tanto disparate! Agora temos que lembrar-nos do número de pares, que eu confesso que já não sei bem como era...

No final das aulas, não podia com uma gata pelo rabo. Felizmente a gata da escola não tem rabo e isso simplifica um bocado as coisas!
Tinha planos de treinar um bocado depois das 9h, mas foi mesmo fisicamente impossível. Só para terem uma ideia do estado geral das coisas, digo-vos que estava uma tela pendurada, sem ninguém a usar, com um colchãozinho por baixo e tudo. Eu vi, pensei no assunto, mas nem me aproximei... Nem sequer para lhe fazer uma carícia... E sabemos bem como os tecidos precisam de ser acarinhados...

Moral da história, cancelei os planos que tinha para ir ver um espectáculo (sim, que isto se não há energia para uma sequenciazinha no tecido, não há para mais nada) e vim para casa, pôr-me de molho com o Metralha.
A ver se amanhã estou mais fresquinha, que tenho muito que fazer!


Irrita-me solenemente que não me levem a sério... Oh, da igual...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Dia 116 - Cambio de sentido...

Fui oficialmente buscar a documentação para fazer as provas, pronto! Não quer dizer nada, apenas que quero manter as minhas hipóteses em aberto! E se amanhã ainda está tão longe...

Fiz treino livre na aula do Vasily, como todas as quintas-feitas, mas em vez de avançar com o búlgaro, ainda me baralhei mais! Acho que terá de ser. De vez em quando, terei de dar um passo atrás e alterar umas coisas para poder avançar. No pasa nada!

A lesão acrobática do dia continua a ser a da anca, que começa a atingir uma nova dimensão... Já tenho o contacto de um bom fisioterapeuta, if worst comes to worst. A ver se me safo em Lisboa, quando lá for, este mês...

A aula de verticais foi naturalmente sofrida, mas nada por aí além. Mais por cansaço, que outra coisa. E como sou sempre o boneco de demonstração do Vasily, faço os exercícios todos com ele, que é muito mais produtivo!

Depois de uma passagem de espectáculo de rua, tivémos um jantar de charadas e enigmas que, com as dificuldades linguísticas e a salada de idiomas, se tornaram muito mais divertidos!
Acho que estamos a criar um dialecto que nenhum de nós domina muito bem, mas no final, toda a gente se entende. Bom, às vezes demora um bocadinho!

E, com vontade de pendurar um tecido numa árvore, planeamos um treino na Casa de Campo!
Buenas energias!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Dia 115 - Me happy!

Quarta-feira é um dia tranquilo! Dar uma folga aos músculos e dançar até às dez da noite! Ahhhhhhh!!!!!!! Me encanta!
É o segundo dia seguido que saímos da tenda pequena e encontramos a escola abandonada e às escuras! Estaremos a treinar demais...?

Hoje andei todo o dia com o coração descompassado (coisas da arritmia) por causa de uns convites e propostas que se acrescentaram à lista de planos e ideias que venho cozinhando! Será possível ficar-se mal disposto de entusiasmo? É que juro que até fiquei alterada!

De volta dos tachos do jantar, tivémos revelações de fazer juntar as pecinhas do puzzle. Há histórias de vida que ninguém merece. E pessoas que merecem o mundo!


Life as we knew it is now officially over!

terça-feira, 4 de maio de 2010

Dia - 114 - Fanático...

As minhas aulas são cada vez menos aulas e cada vez mais ensaios para o espectáculo final! E já começam a perguntar-me se vou entrar em 8 partes do espectáculo! Na verdade não sei se aguento, mas como é que vou deixar alguma disciplina para trás?
Se sobreviver ao 16 de Junho, estarei mais que preparada para 3 dias de provas... Ou então fico tão rebentada que passo os dias das provas de molho...

A maravilha acrobática do dia foi descobrir que afinal os meus colegas se guiam por mim numa série de disciplinas, não só em dança! E dizem-me isto assim, com o maior descaramento! "Não, eu copio-te sempre a ti!"
O peso da responsabilidade é avassalador!

E no jantar de família descobrimos que o melhor entretenimento do mundo é ver os vídeos que fazemos das nossas aulas! Não há nada como rirmo-nos de nós próprios!

And another one bites de dust...

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Dia 113 - E agora as provas...

Segunda feira, o doloroso arranque da semana! Hoje, apesar de não ter a minha pequeñita ágil, fui à aula de portes para treinar força. Acabei, não só por treinar com ágiles "emprestados" (entre eles o próprio prof argentino), mas também por fazer coisas de ágil, com outros portores!
Maravilha acrobática do dia: mortal à frente, sendo as pernas lançadas por um portor! Uma delícia! Super divertido!
Por trabalhar com outros pares, aprendi também algumas técnicas que eles usam que melhorarão o meu trabalho! Estou mortinha por experimentar o que aprendi com a minha pequeñita!

Entretanto, começam a surgir as pressões para que faça as provas para entrar para o curso anual da escola. E quando esta pressão até já vem do prof de portes que faz parte do júri...
Começo a achar que sou mesmo apreciada aqui...!!!

Depois das aulas fomos ver um musical, com convites de uma amiga. Engraçado. Claro que é sempre uma coisa muito comercial, previsível, etc, etc. Mas engraçado! Assim tipo um La Féria, mas em melhorzinho!
Jantámos em família e, pela primeira vez,  num restaurante! Marcante!
O núcleo começa a estreitar-se...


Sabiam que em espanhol se utiliza a mesma palavra para Sonho e para sono? Curioso, não é? Curioso...

domingo, 2 de maio de 2010

Dia 112 - Ahhhhhhhhhhh!!!!! E o regresso das peruanas assanhadas!

Quem é que se ía lembrar de ir às compras no único domingo do mês em que os centros comerciais estão abertos? E ainda por cima tendo estado tudo fechado no sábado? Ah, pois é! Socorro!!!
Bom, mas já passou e agora já tenho outra vez muffins de chocolate, para comer com a minha nutella! Hmmm!!!

Exaustas que estávamos, depois da aventura das compras, decidimos levar o carro para o centro e estacionar perto do Retiro! Ahahahahahah!!! O que vale é que eu sou uma pessoa cheia de bom humor, ou a coisa teria sido complicada! Nada como uma bela caminhada pelo parque, para abater umas calorias (e abrir espaço para uns muffins!).

Para finalizar o dia, um belo jantarinho caseiro (cozinha portuguesa, ora bem!) e... não sei se já falei nos muffins!

Agora tenho só que ir ali ver uma coisa no armário das gulod..., digo, dos mantimentos para desportistas!

sábado, 1 de maio de 2010

Dia 111 - Dolce fare niente!

Afinal levantei-me. Não que tenha adiantado muito, porque passei manhã e tarde a molengar... Mas eu sou uma pessoa que sofre de tensão baixa, tenho que molengar um bocado quando está calor! Y además, as dores no corpo convidam a um estado de inércia quase febril! Não fosse o meu apetite voraz e não me tinha mexido metade do que me mexi!

Saímos pela fresca, para jantar em casa alheia e passear pela noite de Madrid. Mais uns espectáculos de malabares com fogo! Tão bom!!!

A verdade é que não tenho grande coisa a reportar, porque realmente não fiz nada de jeito! E soube-me pela vida! Eu sei que o corpo também precisa de descansar, mas esta pausa semanal dá-me uma quebra...

Amanhã o dia adivinha-se tão produtivo como o de hoje, mas é uma questão de nos ambientarmos ao local que nos acolhe. Se os madrileños têm feriado no sábado e no domingo, não terei eu, como obrigação moral, já que estou a usufruir das riquezas do seu país, de seguir os seus (bons) costumes? Pués teremos fiesta!


Ahora mismo no sé donde estoy...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Dia 110 - Amanhã não me levanto...

Como o prometido é devido, toca de fazer uma sexta-feira a rebentar! Só tenho dois comentários: aaaa iiiiiiii!!!
A aula de trapézio foi até já não aguentar mais as dores nas mãos, depois de abrir duas valentes bolhas nas palmas! Estamos a preparar a apresentação, pelo que entre rever o que aprendemos e melhorar o que queremos fazer no espectáculo, acabamos a fazer um monte de coisas que custam imenso, doem imenso, ou me matam de medo! Uma alegria!
Só para chatear, fiz uma subida a paloma desde o chão, para acabar com as dúvidas!

Segui depois para Excêntrica onde nos lembrámos (leia-se: lembrou-se o Vasily) de fazer mortais atrás, apoiados nas costas do outro! Tenho que dizer que foi a maravilha acrobática do dia! Génial!

Depois de 4 horas de macacada deste género, voltei à tenda grande, onde estava um tecido pendurado, a chamar por mim... Fiz uma sequência completa (portor, rã, vela, pé, grega, queda, morcego, slide), só para ver se, com as dores que já tinha no corpo, ainda aguentava!

Para compensar tanto esforço, depois do treino fomos ao Bar do Eusébio, onde nos enfrascámos em tapas, como se não comêssemos há mais de 15 dias! Hmmm!!!

De resto... pués, nada todavia...

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Dia 109 - Desde cuando estoy buscando...

Já recuperada da minha maleita, parti ferozmente em busca de novas, o que acabou por me valer um raspanete ao telefone! O que vale é que há sempre quem se preocupe!

Fiz um treino livre de pesquisa, utilizando, como sempre, um espacinho na aula do Vasily, e fiz umas descobertas interessantes para o Búlgaro. Aprendi a fazer e a controlar o pino-barco, de modo a já poder fazê-lo sem colchão, ordens do maestro! Consegui foi cansar ombros e braços de tal maneira, que quase não conseguia fazer a aula de verticais. Quase! Mas ainda deu para a maravilha acrobática de passar de taco em taco, para uma lado e para o outro, em pino!
Fez foi com que recuperasse uma dúvida: "Porque foi mesmo que não fui para a frente com a ideia de não arrumar nada em armários acima da altura da cabeça?"

Passei hoje o momento zen do semestre!
Cheguei à escola um bocado mal disposta, com uma dor ao lado do estômago, e o Vasily percebeu que eu não estava bem. Entregou-me aos cuidados de um colega, cujos dotes eu desconhecia!
Reconheço o meu limitado conhecimento sobre o uso das energias e suas aplicações, pelo que nem sequer sei o que ele fez. A verdade é que a dor me passou, um pouco depois, e eu fiquei com vontade de trazer o rapaz para casa! Será que lhe posso levar a lista das minhas maleitas, ou parece mal? Talvez levar-lhe uma de cada vez...? Começava pela anca, que não há meio de ir ao lugar!

Entretanto, chego à conclusão de que sou sorumbática! Contra todas as expectativas e todas as aparências, eis que afinal sou, de facto, um pouco dark.
Enquanto o Vasily me incita a utilizar a minha juventude (mal sabe ele) e a minha figura, para criar um número alegre, divertido e cheio de vida, a mim puxa-me para o dramático.
Parece-me que me é mais natural dançar um drama do que uma comédia. Isto fará algum sentido?
Agora que penso nisso, eu bem que me andava a deliciar com a minha interpretação melancólica do trabalho de dança. Será que sou eu que vejo melancolia naquela coreografia?
Será este o denominador comum em todos os meus projectos recentes?
E, nesse caso, o que é que isso quer dizer?
Que raio de crise existencial!

Felizmente, o Metralha continua feliz e contente, estirado ao longo do sofá, como se não fosse nada com ele! Eu sei que às vezes também me apetece viver assim, mas agora, mesmo com todas as agujetas do mundo, só tenho ganas de fazer mais, mais, mais!!!

Espera-me um fim-de-semana tranquilo e que se prevê de descanso, pelo que amanhã tenho que dar o litro, para avançar no que puder. Com um bocadinho de esforço, dou cabo de mais um músculo ou dois e passo o fim de semana de molho. Se calhar, em vez da maravilha acrobática do dia, podia passar a reportar a lesão acrobática do dia! Sim, porque as outras...
Bom, as outras já não vão a lado nenhum...

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Dia 108 - No sé...

De castigo que estive todo o dia, a beber cocktails de frutas com gengibre e a descansar, já merecia estar back on my feet, com o dobro da energia!
Enfim, fui calmamente fazer a aula de dança e voltei para o sofá, numa atitude completamente anti-social e desprezível! Mas... assim que isto fique bom, hei-de pular a dobrar, para que não restem dúvidas!

Continuamos a trabalhar no espectáculo final e o tempo aperta cada vez mais! Há que trabalhar, trabalhar, trabalhar! Ainda assim, sabe bem quando há alguém a tratar de organizar e a pensar o que vamos fazer. Pior é quando tenho que fazer tudo sozinha! Aiii...!
Claro que é um desafio muito maior, mas agora caem-me todos em cima ao mesmo tempo e sabe-me muito bem que em alguns só tenha que deixar-me dirigir e contribuir com o que puder!


Aqui estoy, merecendote. Y sin trucos no sé...
Estoy aqui y no ves...

terça-feira, 27 de abril de 2010

Dia 107 - Sem comentários...

Esta terça-feira foi um dia complicado. Agora que já passou, já posso actualizar as novidades, mas a verdade é que a coisa esteve um bocadinho difícil!

O calor brutal e repentino juntou-se com a minha... hmmm... condição, das tonturas e eu estive um bocadinho em baixo. Ainda consegui fazer o início da aula de Pantomima, mas tive de parar a determinada altura. Daí, passei metade da aula, literalmente, nas mãos do Vasily, que me massajava as costas, ao mesmo tempo que dava aula! Maestro!!!
Conseguiu relaxar-me os músculos, de modo a aliviar as dores e mandou-me beber cocktails de frutas na misturadora, para repor as vitaminas!

De modo que... sopas e descanso!

Já estou a perder o medo de fazer a queda da "Cama", no tecido! É que, vendo de fora, percebe-se que estamos bem seguras. Mas atirar-me para trás, y además de cabeça, ainda não é das coisas que faço a sorrir! Ai, Alice!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Dia 106 - Ahora me he dado cuenta...

Hoje tivémos uma pequena amostra do que será o verão em Madrid...Óstias! Esteve um calor... E como a escola é uma tenda, ao sol todo o dia, dá para imaginar o calor... E mais... O ar quente sobe... Logo, subir aos tecidos em Maio e Junho deve ser uma aventura engraçada! No pasa nada!

As aulas foram boas, em geral e noto que já nem a aula de portes, que era a mais difícil de todas quando comecei, me faz já muito estrago.

Depois das aulas, fizémos mais um jantar em família e eu fiz um Bacalhau com Natas dos meus! Espectáculo! E para terminar, fiz o bolo de chocolate do meu sobrinho Miguel (sim, porque aquele bolo é do Miguel, faça-o eu onde o fizer) e houve quem lambesse os dedos! Os dedos, a espátula... Enfim, não vou acusar ninguém!



De maravilhas acrobáticas, temos uma portagem de mãos-mãos em portes (a Myriam faz o pino em cima das minhas mãos) e outro de pés-pés (em que me ponho de pé em cima dos pés do Miguel, que está deitado no chão, com os pés para cima) em acrobacia. Ah, ouve também os maravilhosos pinos-cambalhota que me saem génial! Vasily mola!

Cá por casa, tudo tranquilo. Decidimos tirar o edredon, que já nos passamos com o calor e sabemos que em breve teremos que começar a ligar o ar condicionado no frio!
E pensar que quando aqui cheguei, as ruas estavam cobertas de neve...

Ahora me he dado cuenta que ya estoy en Nunca Jamás!

domingo, 25 de abril de 2010

Dia 105 - La Fiesta de La Primavera!!!

A Carampa tem um evento anual muito divertido. Juntam-se os malucos todos do circo e fazem um monte de jogos e brincadeiras em forma de concurso. Do tipo: quem consegue ficar a fazer o pino durante mais tempo, quem aguenta mais tempo a equilibrar um malabar no nariz ou na testa e ainda tirar os sapatos, concurso de malabares com 3 massas, em que vale tudo, inclusivé, atirar as massas dos outros ao chão, torneio de vólei com massas, etc, etc. A festa termina com um mini-cabaret com mais numeritos e tonterias!
E assim já sabem como passei a tarde!

Depois saímos ainda, a ver o espectáculo de rua do Miguel (desta vez em La Latina) e acabámos deitados numa cama de rede, pendurada numa árvore e num candeeiro, em plena Plaza de Chueca.
O que me encanta em Madrid é que aqui, não há nada que seja esquisito!



A maravilha acrobática do dia, tenho que confessar, foi levar uma cadeira para a varanda, empoleirar os pés no corrimão e lambuzar-me com uns moranguinhos que, não sendo os que me compra a mãe ou a avózinha, também não estavam nada mal!

O Metralha já está a passar da fase do medo à fase de adorar a varanda! Tumba-se ao sol, esfrega-se todo no chão e volta para dentro com o pelo todo sujo. Tão lindoooo!!! Enfim, fica feliz e é o que importa!

Hay algo que se va a quedar... Luego vuelvo por ella!

sábado, 24 de abril de 2010

Dia 104 - Artistas de rua!

Sábado de Carochinha em casa, a fazer limpezas e a trabalhar um bocadinho ao computador.
Depois, mais um Cabaret de Circo na escola, com os meninos! Vi um número genial, com um tipo que parecia que tinha engolido um televisor! Génial!
Depois, já que estávamos juntos, o melhor era aproveitar! Fomos por Madrid, de praça em praça, a ajudar a montar e a babar de orgulho, a ver o espectáculo de rua do Miguel! Uma delícia!



A ceia caiu-me um bocadinho mal. Não aconselho morcela de madrugada...

Y asi, mi corazón vuelve a Madrid! A ver quien lo sigue...
Como era? "Amor, que amar obliga a quien es amado..."
Oh, da igual!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Dia 103 - Trapézio sem rede! (e sem arnês!)

Diz-me o blogue que esta é a 100ª mensagem que escrevo! Espectáculo! Acho que vou fazer uma festa! Entre o Toblerone e o cházinho de cidreira, enviado especialmente para me fazer dormir bem, isto já está bem animado!

A aula de trapézio foi muito produtiva, com uma prof substituta, que ensina detalhadamente pormenores a que normalmente não damos a devida atenção e que fazem toda a diferença! E aí estou eu a saltar do trapézio com meio mortal atrás, praticamente sozinha, sem arnês, nem nada! Super guay!
Mais uns equilíbrios e tal, mas nada de fazer a lavadora, que ainda não me passaram as nódoas negras da última aula!

Depois de o Vasily me tentar assassinar, atirando-me do trapézio abaixo (A brincar, mãe! Foi só a brincar e eu estava bem segura!) fui para a aula de Excêntrica, onde estamos a preparar os números para a apresentação final!
Como já disse, Acrobacia Excêntrica é assim uma espécie de palhaçadas acrobáticas. Pois parece que o resto do pessoal fica com as palhaçadas e eu fico com as acrobáticas! Ufa! A mi me encanta sufrir!!!

A verdade é que já faço bem um montão de coisas, entre elas... tcham tcham tcham tcham... o kip, que era uma coisa que me andava a azucrinar há que tempos! Claro que vou ter que o fazer em cima das costas de alguém, mas o importante é fazer, sem pensar muito no assunto! Allez Hop!

O fim de semana é suposto ser festivo, entre um Cabaret e a Festa da Primavera, na escola, de modo que tenho que tratar de descansar bem o corpinho quando estiver em casa!

Tenho tanto que fazer, entre estudar sequências para as aulas de aéreos e pantomima, avançar com o projecto búlgaro e estudar duas peças da Barraca, para as ir fazer no fim de Maio, que devia era ficar em casa! Not! A ver também se aprende e eu quero ver tudo a que tenho direito!

 Pero la vida me dice que me toca a mi eso de sentirme bien!!!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Dia 102 - De cerca, nadie es normal!

Finalmente, conseguimos reunir o rebanho! Estava difícil... E com a Primavera a aparecer, o rebanho vai ficando cada vez maior! Guay! Para a semana fazemos um jantar e tentamos juntar toda a gente! Eu já prometi fazer Bacalhau com Natas! Mnham!!! E depois faço o doce da minha avó, para deixar toda a gente a babar!!! E depois proíbo-os todos de comer, com a desculpa de os estar a ajudar a prepararem-se para as provas da escola e de ter que vigiar as gordurinhas! E depois como o doce todo sozinha!!!! Plano maquiavélico!!! Hihihi!!! Giro! Utópico, mas giro!
Pronto, já vimos que isto hoje está um bocadinho virado para o delírio, mas não há-de ser nada!

 Hoje deram-nos convites para mais um espectáculo no Circo Price, de modo que lá tive aula privada de Verticais com o Vasily, para poder saír a horas de ir ao circo!
O espectáculo era de uma companhia Colombiana e, sendo interessante, não era brilhante. Tinha muita acrobacia com báscula e muitos portes, mas não avançava muito mais. Tinha números de dança que eram dispensáveis por serem desinteressantes e até um em que um deles cantava uma música inteira, sozinho na arena, sentado em cima de um contentor... Fraquinho...
De qualquer modo, é sempre bom ver a maior variedade de espectáculos possível! Às vezes é bom estar do lado de cá para avaliar o que resulta e o que nem por isso. Ah, lindo lindo, é ouvir cantar Hip Hop em espanhol! Não tem explicação!

Posso dizer, oficialmente, que o Projecto Búlgaro dói! Outra coisa não seria de esperar... Mas que comece já a doer, quando ainda não saímos da fase do chão...ufa! Ainda por cima, a lesão da anca não passa e limita-me muito os movimentos. Dóóóíiiii! Hoje treinei mais um bocadinho para desencalhar de uma posição difícil e além disso arranjei uma alternativa, para o caso de não conseguir desencalhar a tempo.
Ah, o tempo... é uma coisa tão relativa, não é? No pasa nada!

O Metralha lá se vai ambientando aos poucos, mas ainda cheio, cheio de miminho... Não sei a quem é que ele sai assim! Entretanto, acabou-se o arroz doce da mãe, pelo que estamos todos um bocadinho perturbados. O Tobias já nem quer Toblerone... Acho que este pessoal está todo a precisar de apanhar sol... Ainda bem que tenho uma varanda!

Disseram-me que estou mais bonita nesta temporada! Não sei se é da primavera, ou das cores do sol, mas fui promovida a super guapa! Estou a ficar estragada com mimos!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Dia 101 - Quase em casa!

E, finalmente, depois da atribulada estadia em Lisboa, com mimos sedutores a choverem-me em cima, vindos de todas as direcções, começo a sentir-me em casa aqui outra vez. Ainda não completamente, que ainda não conseguimos reunir-nos todos, mas já estamos quase e hoje lá fomos comer umas tapas depois do treino.

Hoje não houve aula de dança, pelo que as maravilhas acrobáticas do dia se resumem a ter ensinado umas coisas de Tecido e outras de Dança às meninas. Os meus dotes de professora são muito apreciados! Deve ser porque aprendi com o Mestre!!!

O projecto búlgaro ficou em stand by durante estas semana atribuladas, pelo que tenho mesmo que deitar mãos à obra (neste caso é mesmo o corpo todo), a  ver se avançamos depressa! Amanhã é dia!

O Metralha está cada vez mais ambientado, embora me acorde todos os dias a querer atenção! É tão lindooooo!!!
É um bocadinho estranho misturar assim os dois mundos...

Às vezes sinto-me como a Alice, em queda vertiginosa na toca do coelho...

terça-feira, 20 de abril de 2010

Dia 100 - Uau!!!

E chegámos ao centésimo dia de Circo em Madrid! Com muitas viagens pelo meio, mas que acabaram por contar como dias em que a minha mente continuava aqui, ligada ao que aqui estou a construir. Acho que uma parte de mim estará sempre aqui, enquanto eu viver ligada ao circo. Pronto, assim tenho uma boa desculpa para cá vir: tenho que vir visitá-la!

O dia foi bastante produtivo em Tecido, onde estamos a aprender algumas sequências com portes e quedas a dois. Muito bom para desenvolver resistência à dor, já que não podemos parar a meio quando temos uma pessoa pendurada em nós... Claro que isto implica uma dor enorme nas lombares e as pernas todas negras. Ainda bem que eu não uso calções! Acho que vai ser um verão muito... tapadinho!

Agora começa a pressão de criar os números para o espectáculo de fim de curso. Como ainda por cima vou estar fora durante duas semanas em Maio, por causa de uma digressão, está na altura de começar a entrar em pânico! Até porque como tenho 8 disciplinas, tenho 8 números para preparar em... bom, em um mês! Ahhhhhhhhhhhhh!!!

O Metralha vai-se ambientando devagar, com muito, muito mimo à mistura. Espero que ele se adapte à casa depressa, que enquanto não o fizer, não estará à vontade e não vai gostar de estar aqui...
Entretanto, tem feito imensas coisas cá em casa! Eu ponho a roupa na máquina, ele tira, eu arrumo a roupa nas gavetas, ele põe a patinha e tira-a. Hoje conseguiu abrir uma gaveta e meter-se lá dentro. Só a mim...

O Tobias regala-se com os mimos que eu lhe trouxe de Lisboa, especialmente o Arroz Doce!!! Enquanto não dermos cabo das gulodices, não consigo reintegrar-me completamente! O melhor é comer tudo já!

O vulcão continua a impedir a nossa festa de reencontro. Já chega, não?

Hoje tenho o coração em Chicago!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Dia 99 - Raio do vulcão...!

Andamos desencontrados! A família de Madrid está toda dispersa! Tem sido difícil encontrarmo-nos todos e a cinza do vulcão não está a ajudar nada, a cancelar os voos das pessoas que deviam estar aqui ao pé de mim!
Quer isto dizer que reencontrei alguns dos meus meninos, mas ainda há muitos dispersos por aí. Isto está difícil...

Acrobaticamente falando, foi um dia produtivo, com novas posições em Portes e mais umas tentativas de vencer o medo das alturas em Acrobacia. Medo... muito medo...! Mas isto vai lá!

O Metralha vai-se ambientando devagar. Já encontrou uns esconderijos guay para quando está cá sozinho, ou quando ouve a porta a abrir e não tem a certeza de quem lá vem. Quando eu aqui estou, já ocupa o lugar central do sofá e dorme umas belas sonecas! Tão lindo!!! Só tenho pena de não ter trazido a Chocapic!

Os mimos que mãe mandou fazem-me ter saudades de Lisboa... Muito sabida, a minha mãe!

domingo, 18 de abril de 2010

Dia 98 - O Regresso a Madrid...

E mais uma semana, mais uma viagem! Desta vez de regresso a Madrid. Desta vez, acompanhada por aquela que será a minha mais prolongada visita: o Metralha!
Depois da aventura emocional que foi trazer este menino e deixar a outra menina sozinha em casa, o Metralha fez o favor de miar sem parar durante mais de uma hora... Quase me levou à loucura!

A viagem correu bem -devagarinho porque estava de chuva- e entre as belas paisagens que vi, é de assinalar o voo de uma cegonha, que passou mesmo por cima do carro, com um pedaço de ninho na boca... Tão lindo...!!!

À chegada, nada melhor para esticar as pernas, do que subir e descer as escadas 5 vezes, até este meu belo 4º andar sem elevador, carregadinha de tralha!

Entretanto já consegui arrumar quase tudo e o Metralha já cuscou tudo o que lhe foi felinamente possível. Desconfio que amanhã quando chegar, depois das aulas, terei umas quantas belas surpresas à minha espera...
Bom, sempre anima aqui a casa, que me parece sempre mais triste quando chego...
Daqui a dois dias já andamos os dois a fazer acrobacia em cima dos móveis!

Agora é mergulhar no trabalho e focus, focus, que o final do curso já está à vista e ainda há muito que criar!

quinta-feira, 15 de abril de 2010

terça-feira, 13 de abril de 2010

Dia 93 - Lisboa tem destas coisas...

Entre os mimos da família, os mimos dos amigos, os convites para isto e aquilo e o reencontro com o mestre e companheiros, é difícil resistir e não perder o foco...

Parece que afinal fico em Lisboa até domingo... Foi a mãe que mandou!!! E quando a mãe compra morangos para o jantar... Pouco há a argumentar.
E de Madrid já começaram a chegar mensagens de protesto pela minha ausência!

Entretanto, o tempo piora. Creio que são chuvas enviadas de Madrid, a fim de boicotar quaisquer tentativas de sedução por parte das praias da linha! Isto está renhido!
De qualquer modo, acho que o que me deu Madrid já está entranhado em mim e já não sai... Assim espero!

Tenho que voltar, antes que perca o norte e o foco que me guia! Focus! Focus!

Devo confessar que tanto mimo é avassalador...

sábado, 10 de abril de 2010

Dia 90 - Já posso ir para casa...?

Depois de uma manhã de soneca, para não adormecer ao volante, e de todos os preparativos da viagem, fiz-me à estrada, devagarinho para chegar inteira!

A viagem faz-se bem, a estrada é boa e a paisagem está guay!
Agora, reparem nas três primeiras impressões que tive depois de passar a fronteira:
1 - O preço da gasolina é uma vergonha! Enquanto cá estiver, ponho o essencial e depois tenho uma estação de serviço do lado de lá, a 20 km da fronteira. Devem estar a brincar...
2 - Fiz 400 km em auto-estradas espanholas sem pagar um cêntimo de portagem. Cheguei a portugal e, por 200 km paguei 15€. 15€!!!!!!!!!!!!!!! Só pode ser brincadeira...
3 - Depois de 590 km de tranquila viagem, em certas alturas até com muito movimento, chego ali à zona do Seixal, ou coisa que o valha, e fico parada no trânsito! E faço os último 15 km em pára-arranca!!! Filas para a ponte!!!!!!!!! Já me posso ir embora para casa...?

Agora tenho que ver se consigo tratar de tudo o que tenho a tratar para voltar para casa e perder o mínimo de aulas possível! Ufa!

Vamos ver se não me perco por aqui... Focus, focus!!!

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Dia 89 - De partida... uuuuiiiii, que arrepio!!!

Aula de trapézio genial!!! Não sei se por inspiração do espectáculo de ontem, mas hoje estava com imensa força e energia! Guay! Fizemos portes em trapézio! Tão bom! Grandes aventuras, com a agil presa por uma loncha (não fosse eu deixá-la caír!) e aqui vai disto! Confesso que se fosse eu a voar pelos ares também me dava medo! Chiça! É o que me vale ser alta e forte! Assim lanço pelo ar as mais pequenas!
Claro que fiquei toda negra, mas o que é isso comparado com a grandeza acrobática?
Para finalizar a aula, ainda fui fazer umas voltas na lavadora (mais ou menos uma sequência de cambalhotas à volta da barra do trapézio) e já me sai melhorzinho! Claro que agora não posso repetir a brincadeira, enquanto não me sararem as mazelas com que fiquei nos braços! O circo é um Spa!

A aula de excêntrica está cada vez melhor! Já começámos a preparar o número para a apresentação final, mas somos tão trapalhões, que aquilo é uma rambóia pegada! Hoje ri tanto, tanto, tanto, que já não aguentava com dores nos abdominais! Surreal!

Depois das aulas, ainda não satisfeitos, fomos treinar um bocadinho de tecido na carpa grande. Ainda consegui servir de portor ao Vasily, enquanto ele fazia uma prancha! Lindo! É claro que o facto de ele pesar mais de 70 kg, pôs em causa a possibilidade de eu continuar a ter o tronco preso às ancas, porque o peso dele fica todo nos meus braços, mas depois o peso dos dois juntos está nos tecidos onde eu estou pendurada pela cintura. De modo que quanto mais peso... menos cinturinha...
Não sei se já disse que o circo é um Spa...


Amanhã sigo em direcção a terras lusas. Pela estrada fora, eu vou bem sozinha... Bem, nunca em toda a minha vida, esta música assentou tão bem!!! Espero não encontrar o lobo mau... Ou pelo menos que ele seja jeitoso!

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Dia 88 - Speachless!!!

Vi o espectáculo da minha vida! "Psy" dos Les 7 Doigts De La Main (http://7doigts.com/accueil.html)! Uma coisa sem explicação! Desde o conceito do espectáculo, à técnica, à música, às coreografias... Genial!
Fui ver com um montão de gente da escola, professores e alunos, pelo que foi um evento em grande! Saímos de lá arrepiados! E cheios de pica para trabalhar, trabalhar, trabalhar!!!

O meu amor ucraniano, Vasily, deu mais uma prova da sua enorme generosidade, ao dar-me um treino particular de Verticales, para eu poder faltar à aula e ir ver o espectáculo! Este homem não existe! Maestro!!!



Quanto a maravilhas acrobáticas, temos uma evolução em termos de resistência e força em pino. Os 30 segundos habituais de resistência converteram-se hoje, por magia em 80! Vasily mola!!! O que acontece é que agora a exigência também começa a ser maior... Aiiii...
A outra maravilha acrobática também é digna de nota! Descendo as ruas de Lavapiés, quatro malucos, acrobaticamente empoleirados numa bicicleta! Muito bom! Que pena não termos fotografado!!! Mas algo me diz que havemos de repetir!!!

Lisboa aproxima-se... Não sei se quer dizer alguma coisa, mas ainda não fui capaz de fazer a mala...

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Dia 87 - Quince dias: 5 de copas, el olvido, Ana e a Rádio Nostalgia...

Às vezes é mesmo preciso ouvir música. Muita. E muito alto. Quase a rebentar os tímpanos e a acabar com frequências auditivas para todo o sempre. Às vezes a música não chega.

Os planos para ir treinar no armazém de uma colega saíram furados, com uma aventura com a Renfe (a CP espanhola), pelo que foi totalmente inútil o esforço de saltar da caminha bem cedo. De apreciar, no entanto, a calma e serenidade com que tudo foi encarado. Às vezes parece que não estou cá...

Para acalmar ânimos mais exaltados que o meu, nada como uma bela pasta, almoçando em família. Dez milhões de tonterias depois (ufff!!!), seguimos para a escola. A aula de malabares é tão mais gira vista de fora!!!
A aula de dança, por sua vez, além de linda, foi... reveladora. Não há dúvida, as coisas começam a surgir... Tenho mesmo que aproveitar para fazer mais aulas e aprofundar esta técnica! É tããããão bommm!!!

Acabámos por jantar em família, que o mimo nunca é demais!

Estou a levitar e não há nada que me prenda ao chão...

terça-feira, 6 de abril de 2010

Dia 86 - Tinha que ser...

Claro que regressar ao trabalho tinha que significar regressar às lesões... Já não me bastava uma dor inexplicável que tenho num pé, tinha que dar um jeito no pescoço... outro... Curiosamente as lesões no pescoço surgem sempre sem me dar conta. Quando vou a ver, já está! Que cena! Espero que esta não leve um mês a passar...

Acrobaticamente falando, temos uma maravilha nova: o Escorpião! Uma queda no tecido que tem a gentileza de não ser a mesma que em Portugal tem esse nome. É que essa é a coisa que mais medo me dá de fazer, em todo o mundo dos aéreos. Essa eu só faço com ordem do Mestre!
Esta é muito mais tranquila e não dá medo... bem, não dá muito... Já me safei!

Em Pantomima vamos começar a trabalhar com malas! Grande palhaçada! Hoje o Vasily fez umas demonstrações que, literalmente, nos deixaram a rebolar no chão!
Quando for grande quero ser um palhaço ucraniano!

Tenho que começar a pensar em fazer uma mala para ir a Lisboa...

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Dia 85 - "La Portora"

E estou de volta aos treinos! Um estafante e glorioso regresso, que me valeu o título de "La Portora". É que, além de ser a única portora feminina da escola, estou a evoluir bastante bem! Acho que agora já me estão a levar a sério...!
Agora só tenho que me preocupar com o tamanho com que vou ficar, daqui até Junho... Não deve dar tempo para alargar muito... espero...! Ai, que o meu pai tem um fanico...!

Em acrobacia, começámos a fazer aranhas à frente. Já não aguentava mais as cambalhotas, madre mia... E isto são coisas que posso usar em números de chão!

Parece que conseguimos uma nave para treinar às quartas feiras! Já tem tecido, trapézio e colchões! Super guay! Vamos lá esta semana, a ver lo que pasa! Seria muito bom, não só para treinar, mas também para criar numeritos, que já está na altura...

Estou a preparar-me psicologicamente para ir a Lisboa...

domingo, 4 de abril de 2010

Dia 84 - Home again!

Ahhh!!! Depois de uma atribulada viagem (não sei se já disse que enjoo de avião), lá pus os pézinhos no chão e cheguei a casa! O Tobias estava cheio de saudades!

Já fiz as limpezas da semana, cozinhei e preparei-me para uma semana que me parece que vai ser a doer. Há que recuperar a forma depois da semana santa e dos ovos da Páscoa!

Eu tenho a agravante de não estar cá na próxima semana, por isso tenho que trabalhar a dobrar! E com a moleza que apanhei em Genebra... Hmmm... Que ronha...!!!
Amanhã, para começar bem, tenho aquele dia fantástico, com as 4 horas de acrobacia... Até estou com medo...

Como diz o Mestre, "O circo é um Spa!"

sábado, 3 de abril de 2010

Dia 83 - Au revoir Genève...

Recordações do pão com queijo mais caro da história...







quinta-feira, 1 de abril de 2010

Dia 81 - Ligação Genebra III

Um jantarinho no apartamento, para matar saudades da trupe barraquenha...




quarta-feira, 31 de março de 2010

Dia 80 - Ligação Genebra II

Ainda hei-de perceber quando é que este blogue deixou de ser sobre o circo em Madrid e passou a ser sobre passeios pelo mundo...
No pasa nada...



Saudades de casa...

Dia 79 - Ligação Genebra

De regresso à Barraca e às digressões, com tudo o que lhe é característico! Os stresses, os nervosismos e o espectáculo que acaba sempre por correr bem...

No fim do espectáculo tínhamos um banquete à nossa espera, com muitos "públicos" convidados, e fizemos um pequeno jantar-convívio.

Estamos instalados num belo estúdio (creio que para estudantes), equipado com cozinha, pelo que podemos ficar a descansar o dia inteiro, sem ter sequer que saír para comer!

O edifício seria um antigo armazém, ou algo do género e está ladeado pelo rio, de ambos os lados. Tem enormes janelas a toda a volta e a vista é óptima! Não nos podemos queixar!!!



E o rio tem patinhos!!! Ah, pois é!!! Então eu vou à janela atirar-lhes pão e eles vêm a voar!!! Tão lindos!!!




Faz-me lembrar o Retiro... Hihihi!!!

segunda-feira, 29 de março de 2010

Dia 78 - Barajas, mi amor...

Cá estou, no aeroporto de Barajas, para mais umas horas de espera... Qualquer dia mudo-me para aqui... Só me falta descobrir onde é que posso tomar banho!
Tem graça que as minhas visitas ao aeroporto costumavam ser penosas... Agora só me custa ir embora...

Quando chegar a Genéve tenho que estudar o texto da peça, que já não me lembro de nada! Também o que vale é que eu não digo grande coisa...

Como não sei que tipo de acesso à internet vou ter lá, suspendo as entradas no blogue até domingo, salvo alguma possibilidade que tenha de dar notícias!

Já tenho saudades de Madrid! Adeus e até ao meu regresso...

JÁ EM GENEBRA

Ah! Uma actualização! Parece que afinal temos internet aqui, embora pareça embirrar um bocadinho com o meu blogue. Vou actualizando conforme puder...

Já cheguei, sã e salva, apesar das dificuldades que parecem existir com a aviação e as portas, na Suiça. Eram portas do aeroporto que não abriam, portas do avião avariadas... Pasa algo por aqui...

Depois de uma viagem tranquila (mesmo num avião bébé, com um escadote para subir, em vez de uma escada como os aviões a sério), cheguei ao Teatre Saint Gervais, a tempo de apanhar o fim do ensaio e ainda entrar na última cena.
E aquilo a que assisti depois lembrou-me como são estas digressões...
E eu não preciso disto na minha vida...

Em compensação, estou alojada num estúdio super guay, com uma vistaça para o rio!
Para amanhã prometo fotos!!!

Ainda assim, Madrid está em 9 de cada 10 dos meus pensamentos...

domingo, 28 de março de 2010

Dia 77 - Haciendo la maleta...

Mais um dia de Retiro, para tentar sobreviver uma semana longe de casa... Ainda não fui e já estou com vontade de voltar!!!

Passámos o dia a descansar e a caminhar por Madrid. Ah! E fomos a um Museu, porque o Luca diz que a Arte e a Cultura estão sempre primeiro!!! Fomos al Museo de Jamon, comer um croissant de presunto e queijo!!! Hmmm...!!!

Depois um pequeno jantar em família (pela primeira vez estavam mais espanhóis que italianos... increíble!!!), para despedida dos que vão estar fora esta semana... No quierooooooooooo............!!!

E nada como ir a casa dos amigos usar a internet deles para carregar fotos, hein? Super guay!

Bom, e agora vou fazer a mala, que tenho que meter roupa para uma semana (que não tenho, só tenho roupa para treinar!), numa mochila onde não cabe...
Da igual!

Tonterias...


















sábado, 27 de março de 2010

Dia 76 - Tumbate al sol cuando llueva...

Ahhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!! Sábado de vacaciones en el Retiro!!! Tumbada al sol entre los árboles, mientras los chicos entrenan malabares... Dolce fare niente!!!



E para não perder a prática, um pequeno treino de portes acrobáticos! Estamos a ficar cromos!!! Mais um bocadinho e começamos a cobrar bilhetes!



Depois, para comemorar o Dia Mundial do Teatro, fomos para a fila da Casa das Américas, onde actuava... nada mais que a Companhia do Chapitô!!! Sim, com o apoio do Governo de Portugal e...  wait for it...  o Instituto Camões!!!
Tão bom, tão bom, que ficámos à porta, de cheio que estava! Nós e mais umas 100 pessoas, para terem ideia! Bom, não sei se é importante referir, mas era um dos poucos espectáculos que eram gratuitos hoje! Isto aqui não se brinca em serviço! O Teatro paga-se e bem! E mesmo assim há público! E querem comparar o número de teatros que há em Madrid com os que há em Lisboa...? Não se metam nisso...

Para hoje, por ser um dia especial, faziam desconto! De 3€, máximo! Um bilhete, em vez de custar 14€, custava 11! Ah, pois é! Não sei se já disse que, mesmo assim, há público...

Seguimos para o Circo Price, onde havia um concerto. Eu fiz companhia aos meninos, enquanto esperavam na fila e pus-me a andar, que estava estoirada e tinha ainda uma bela caminhada pela frente!
Agora escolhi outra paragem de metro para ir e voltar para casa. São 20 minutos a andar que me sabem pela vida...

Amanhã queremos voltar ao Retiro, mas parece que o sol tem outros planos, não sei se aparece...

Pués, nos tumbaremos!

Da igual!

sexta-feira, 26 de março de 2010

Dia 75 - Final da primeira parte...

E o primeiro trimestre chega ao fim! Só de pensar que se não tivesse decidido ficar, as minhas aulas já teriam acabado... Até me arrepio!!!

Fui para as aulas, hoje, numa de "tentar" fazer alguma coisa de jeito. O estado de exaustão era digno de ficar no sofá, mas era incapaz de faltar... Ainda por cima para a semana não há aulas...  Fui, já sabendo que faria o que conseguisse e que, se não conseguisse fazer tudo... pués, no pasa nada!
Acabei por fazer tudo e mais um par de botas e agora estou aqui que não me aguento! Tenho uma contractura nas costas que me dá ganas de ganir e as mãos num estado... hmmm... próprio para as de um estivador...
Mais uma vez, sexy!
Ontem estava a ver um vídeo de treino e vi como estão as minhas costas... As meninas já me tinham dito que faziam um V, mas eu como não as vejo...
Tenho que passar o verão longe da vista do meu pai...

Em trapézio estou a recuperar coisas que já tinha conseguido fazer, mas que nem sempre me saem bem. Além disso, vou ganhando confiança com coisas que sempre me meteram medo e que, sem o Edson... terrorrrrrrr!!!

A aula de excêntrica foi das mais divertidas de sempre! As sequências, associadas ao cansaço geral e à tonteria generalizada, deram um festival de risas que nos deitava ao chão! Literalmente! Caíamos no chão a rir!!! ROFL no sentido literal da expressão!!!

Para amanhã planeio uma visita ao Retiro e umas caminhadas pelas calles, para levar um bocadinho de Madrid comigo para Genéve. É incrível como nos afeiçoamos a uma cidade onde praticamente acabámos de chegar...
Mas também, uma cidade que nos recebe como Madrid me recebeu, não merece outra coisa!
Ainda não saí daqui e já estou cheia de saudades!
Estou cada vez mais madrileña!!!

Não sei se já disse que adoro a minha vida...

quinta-feira, 25 de março de 2010

Dia 74 - Venha a Semana Santa!

Apesar de a próxima ser uma semana sem aulas, apetecia-me imenso ficar aqui a curti-la. Por outro lado calha mesmo bem que a digressão a Genéve seja nessa semana. É menos uma semana de aulas que perco. Apesar de ir em trabalho, espero que dê, pelo menos, para descansar os músculos. Estou tão cansada que estou a  punto de llorar... Mamaaaaaaa!!!!!

Hoje fui mais cedo para treinar pantomima e acabei por treinar de tudo um pouco. O projecto búlgaro está em marcha! Depois fui dando uns bitates aos meus meninos que estavam nos tecidos e acabei lá pendurada a mostrar coisas... Não há como resistir a um tecido que chama...!!!

Claro que com tudo isto, cheguei ao Vasily já toda rota! Foi uma aula difícil, até porque com tanto esforço e tanto pino, as tonturas davam cabo de mim... Tenho que conseguir dormir melhor urgentemente, ou estas aulas vão tornar-se muito complicadas...



A maravilha do dia tem a haver com o projecto búlgaro, por isso não posso desenvolver... Lo siento... All in due time!

Acho que o Tobias finalmente enjoou o Toblerone...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Dia 73 - E vem o dilúvio!

Parece que está sol em Lisboa... E que já cheira a verão... Aqui chove a potes! Mas chove tanto, que durante a aula de dança, achámos que a tenda ía abaixo... Always entertaining! Mas temos que admitir que o cheiro da chuva na relva da Casa de Campo me faz sempre sorrir...

Hoje mandei, finalmente, os malabares à vida! Acabou o trimestre e não quero mais frustração na minha vida. Eu sei que deve ser imoral ser assim tão feliz  e que as aulas de malabares equilibravam um bocadinho as coisas... mas se há coisa que aprendi é... life is too short!

Tive uma pequena aventura com um pneu vazio, a caminho da escola, o que me fez chegar um bocadinho atrasada à aula de dança. Pois parece que estavam todos à espera que eu chegasse para começar o aquecimento... Ainda sou a única que sabe a coreografia!!!
Continuamos com movimentos de contact e com a coreografia maravilha que, segundo consta, vai à mostra de Junio! Super guay! Portanto a maravilha de hoje não é acrobática!
Estou a gostar tanto de Contact, que depois das férias da semana santa vou experimentar uma aula da prof noutra escola e até considero ter aulas duas vezes por semana às 10h30 da manhã... Oh yeah!!! Devo estar a delirar!!!

Fora tudo o resto, estou de rastos e, de manhã, tem sido uma fita para me mexer... Dói-me tudo e primeiro que os músculos aqueçam, a coisa é seria!

Acho que já não sei o caminho para Lisboa...

terça-feira, 23 de março de 2010

Dia 72 - Ancora quer dizer tanta coisa...

Começámos, em Tecido, a fazer giros no chão. É como uma dança que começa de pé no chão, agarrados ao tecido, correndo em roda e usando a força centrífuga para ganhar altura. Lindo! E as possibilidades para utilização em espectáculo são imensas! O que torna a coisa difícil é que a mesma força centrífuga que nos faz voar, também nos dificulta muitíssimo os movimentos, o que faz com que a figura mais simples pareça impossível de fazer... Já tinha tido esta dificuldade com os balanços, no tempo do Chapitô, mas aqui a força a combater é constante e muito mais forte... Ufa!

Entretanto, mais uma queda aprendida, mais uma queimadura! Desta feita na minha barriguinha... Estas coisas nos primeiros dois dias ardem um bocado... Chiça! Estou toda marcada... Sexy!

Em pantomima, seguimos com a construção de um numerito com música! Escolhi a da "Missão Impossível" e dei ao meu mimo uma missão! O Vasily achou muito "Indiana Jones" e deu uma série de ideias para ficar mais giro! Agora tenho que encaixar tudo na música, para acabar o número no acorde final! Mama, vais adorar!!!

Depois das aulas fomos ver um espectáculo de magia do Dani . Estava lá sentada a assistir, divertidíssima, e a pensar: "mas eu até nem gosto de ilusionismo... como posso estar a gostar tanto disto...?" Não há mais comentários...




Ancora quer dizer ainda, todavia, lejos, guay, dulce, perfecto, no pasa nada, gracias y hasta pronto...

segunda-feira, 22 de março de 2010

Dia 71 - Beware of the dog...

Agora que Portes Acrobáticos é a aula mais difícil do curso, as segundas feiras passaram a ser duríssimas! Quando chego à aula de acrobacia já estou mais para lá do que para cá e ainda tenho mais duas horas de volteretas  e afins... Ouch!
Acrobaticamente falando, estou toda rebentada!
Para maravilha acrobática do dia, temos um porte, com a Myriam em pé em cima das minhas mãos (e eu a levantá-la só com os braços) por um lado e por outro, eu como ágil, de pé em cima dos ombros do Luca ou do Miguel, quase com um  ataque de pânico! Será uma boa altura para dizer que tenho pavor de alturas...?

Finalmente fizemos o jantar na casa nova do Miguel! Super guay! Começo a desconfiar que há mais italianos aqui que em Itália... Não sei como, mas são sempre a maioria em todas as festas...



Lo que pasa con los perros es que están de dentro de nosotros...

domingo, 21 de março de 2010

Dia 70 - Days like this

Já sabemos que o que acontece quando passo um dia inteiro em casa... Sim, arrumo um bocadinho a casa, descanso, trabalho um bocadinho sobre as aulas e os trabalhos em desenvolvimento. Mas é claro que ficar um dia inteiro sem falar com ninguém afecta um bocadinho os neurónios...
Felizmente eu e o Tobias temos grandes conversas filosóficas sobre coisas que nenhum de nós compreende muito bem, o que dá sempre muito bom resultado! Qualquer dia escrevemos um almanaque!
Além disso, temos sempre as visitas dos passarinhos que vêm à varanda comer as migalhas que lhes vamos deixando... Ai, ai... tão Branca de Neve...

Acabei por não ir a Retiro, porque quando o Luca finalmente acabou de se pentear, já era tarde e estava frio... Mas confesso que fiquei um bocadinho preocupada por deixá-lo lá desamparado, à mercê de peruanas ensandecidas... mas ele é italiano, safa-se bem! Não há-de ser nada...

Já quase toda a trupe sabe que fico até Junho! Confesso que não contava com reacções tão efusivas! Não sei o que estes malucos pensam exactamente, mas creio que estão convencidos que sou algo que, seguramente, não serei... No pasa nada. Já se darão conta... Daqui até Junho, a gente conversa!

Não posso alongar-me muito, que o Tobias espera-me para ver mais uns episódios protagonizados pelo homem mais lindo do planeta... Ahhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!! Vou ali e já não volto...;)

sábado, 20 de março de 2010

Dia 69 - Não volto ao Retiro sem máquina fotográfica!!!

Nem sei por onde começar! Digamos que, a partir do momento que passamos os gloriosos portões do Buen Retiro, tudo pode acontecer!!! É onde todas as personagens raras se cruzam, como se o cosmos organizasse uma pequena feira de horrores... mas no bom sentido... (onde é que eu já ouvi isto?). E se Madrid é uma lentilha, o Retiro é... um grão de açúcar! De modo, que encontramos todas as personagens bizarras, ainda que estejamos sossegadinhos a treinar no nosso cantinho...
Desde a Sarita, uma peruana com sérios desequilíbrios emocionais e uma grande paixão pelo Luca, ao professor-palhaço de literatura!!! Uma ternura, na verdade! Bom, pelo menos quando passamos a fase inicial de medo... E aqui as pessoas são todas muito... hmmm... físicas!

Finalmente comi uma bela pasta, hecha por una italiana! Estava riquíssima! De qualquer coisinha se faz una fiesta...

Acho que andei 200 km hoje! É que é tudo tão perto, que vamos caminando para todo o lado... Estive mesmo para vir a pé para casa. Mas como já era tarde, fiz a parte final de autocarro. Poupei uns 3 Km... Na verdade só fiz 197km! Amanhã recupero! Combinámos novo treino no retiro e JURO que levo a câmara!!!

O Tobias está tranquilo e feliz e até se esquece que há Toblerone no armário... Agora é que se lembra de comer saudavelmente... Ele há ursos...

O caminho para Lisboa está cada vez mais longo...



PS - Para trás, nem para ganhar balanço.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Dia 68 - La Fiesta del Mondo!!!

Claro que hoje pouco tenho a referir, que não seja a fiesta!
Bom, descansei um bom bocado, fiz o meu Bacalhau à Braz e descobri (tarde demais) que as batatas palha que comprei não eram sequer batatas. Eram uns aperitivos de batata, bla bla bla... Uma tonteria. Realmente, não percebo como esta gente sobrevive sem a boa comidinha portuguesa! Chiça! É que só comem porcarias!!!
Bom, acabei por fritar batatas em palitos e correu tudo bem! O bacalhau foi muito apreciado!!!

Descobri (ao fim de 2 meses e tal) que a casa da Giseli é aqui bem perto! É só ir pela General Ricardos fora (realmente, Sara, que calle enorme!) e já está. Agora com bom tempo até posso ir a pé! Não chega a 5 Km de distancia... E conheci as gatinhas dela... Hmmm.... Que delícia! Tão meiguinhas... Já combinámos que me "empresta" uma por uns dias... Faz-me muita falta uma companhia felina!!!

A festa foi brutal! Com direito a excesso de pessoas e tudo!!! Houve uma altura em que literalmente não sabia onde pôr os pés, de tão cheia que estava a casa! Contámos com a presença de representantes (e iguarias) de Espanha, Portugal, Brasil, Itália, Irlanda, Israel e Argentina. Claro que, como as representantes da Grécia e da França não puderam estar presentes, teremos que repetir a festa, depois da semana santa... Uma pena...
De referir que numa festa organizada em Espanha por uma brasileira e uma portuguesa, os italianos estavam em franca maioria! Como me foi explicado (por um deles), em Madrid, onde há festa, há italianos aos magotes! Guay! A mi me encantan los italianos!

Para amanhã planeamos treino no Retiro! Que delícia!!!

quinta-feira, 18 de março de 2010

Dia 67 - É oficial!!!

Quinta feira!!! Consegui descansar um bocado à tarde e ainda fui comprar os ingredientes para o Bacalhau à Braz que levarei amanhã para a Fiesta del Mondo!

A aula do Vasily correu bem, mas ainda assim, senti o cansaço acumulado a limitar-me o esforço. Preciso de mais umas tardes de sofá. E de uma massagem da mana... Já me soube lindamente o esticão que o Vasily me deu nas costas, para estalar. Até me abrandaram as dores!

Entretanto, já sinto falta das minhas caminhadas pelas calles madrileñas... Saudades do Retiro... Este fim de semana lá terá que ser...
E a propósito do Retiro, mais uma achega para a minha teoria da ervilha (agora lentilha). Será possível passar a vida a encontrar pessoas conhecidas em Madrid? É que eu não conheço assim tanta gente aqui... E ainda assim, passo a vida a cruzar-me com amigos no metro (têm ideia do tamanho desta rede de metro?), no Retiro... (então numa tarde de sábado solarengo, cheio de gente a passear!). Acho que só aqui no meu cantinho de Carabanchel estou mais anónima. E mesmo assim, pode sempre passar o Vasily, que mora mesmo ali à frente! Como é que é possível uma pessoa chegar aqui e dois meses depois sentir-se tão aconchegada numa cidade deste tamanho? Home is such a strange word...

É oficial! Fico em Madrid até ao final do semestre!!! Ainda não sei bem como me vou safar, mas nem teria graça se fosse tudo fácil, não é? A lo mejor, como arroz com feijão! Não era a primeira vez...;)
O Vasily ficou todo contente! O resto da trupe ainda não sabe, vou comunicar-lhes amanhã na festa! Depois de tanto choradinho de "se te vais embora, já não será o mesmo... tens que ficar... como é que vamos fazer, sem ti aqui...", prevejo uma bela festarola!

Bem sei que esta decisão causará algumas preocupações (até a mim), mas às vezes há coisas que temos mesmo que fazer, por respeito a nós próprios.
Mãe, eu sei que te preocupas, mas sei que vais compreender!
I really need this...!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Dia 66 - Quadrada...

Ahhh, já tinha saudades do meu sofááááááá... Hoje consegui, finalmente, descansar um bocado antes das aulas! Agora se conseguisse ficar 3 dias sem me mexer acho que ficava bem! Bem, talvez com uma massagem...

Os meus colegas viram-me com menos roupa na aula de dança (começa a ficar calor!) e decidiram dissertar sobre a minha forma física. Então parece que estou "quadrada", por causa dos músculos! Isso é bom ou mau? Não tenho bem a certeza! Eu continuo a achar que estou na mesma, mas agora até fiquei com medo de aparecer menos tapada na escola... Chiça!

A aula de dança foi super produtiva! Agora tenho que aprender o máximo de movimentos, para aplicar no projecto Búlgaro! Vou estudar a hipótese (monetária) de fazer mais umas aulas de dança com aquela prof noutra escola onde ela dá aulas... Acho que já que estou aqui, tenho que aproveitar o máximo que conseguir...

Apesar de não ter recuperado o apetite, pelo menos a tara do toblerone está a voltar. O Tobias já está mais satisfeito!
Os mimos chegam de onde menos se espera...

terça-feira, 16 de março de 2010

Dia 65 - Mais elogios... (como é que eu me posso ir embora...?)

Não sei o que me deu hoje, mas fiz a aula de tecido a levar tudo à frente! Tinha força, resistência e técnica, estava fora de mim! Sentia o corpo cansado, mas em cada exercício sentia uma energia que me vinha de algum sítio estranho... A acrescentar a isso, a prof diz-me que estou mais magra... às tantas não tenho a certeza de que era eu que estava naquela aula...

Na aula de pantomima, tive direito a um elogio dos mais valiosos: os do Vasily! Boa técnica, movimentos correctos (Isto em español, com sotaque russo! Não dá para descrever...).

Surgem imagens de um "numerito" de aéreos, misturadas com ideias para o espectáculo búlgaro.
Enquanto isso há duas criaturas a ganhar forma... Ahhhhhh!!!! Preciso de uns dias fechada em casa...

Há muitas coisas que não oiço há demasiado tempo...

segunda-feira, 15 de março de 2010

Dia 64 - Aberta a época de lesões...

É claro que a semana nem começava bem se eu não me tivesse já magoado... Ainda tenho as queimaduras e nódoas negras da semana passada por cicatrizar e já tenho uma distensão muscular para juntar ao rol...

Quatro horas de acrobacia para abrir a pestana e duas maravilhas acrobáticas do dia, uma em cada aula: como portor, levantar a Myriam e lançá-la no ar, de forma a fazer um mortal (super guay!) e como ágil, subir e ficar de pé em cima dos ombros do portor (génial!).

O próximo fim de semana é grande, porque é feriado na sexta-feira. Uma vez que é dia do pai e nós estamos todos longe dos nossos papás, decidimos fazer uma grande farra, para compensar! Fiesta del mondo, com representantes de tantos países quantos conseguirmos encontrar! Não será nada difícil!

Há, neste momento, um projecto de um espectáculo (de dança e aéreos, com música cantada ao vivo) em desenvolvimento! Chamemos-lhe projecto... Búlgaro! Não posso adiantar muito, mas o projecto está bem encaminhado...

O Tobias está bem inspirado, mas precisa de tempo de criação, com humores estranhos... Hmmm... Talvez seja melhor dar-lhe mais toblerone...

domingo, 14 de março de 2010

Dia 63 - Uma lentilha!

Retiro todos os comentários que fiz, em que fazia analogias entre Madrid e uma ervilha, devido à proximidade de todas as coisas e lugares madrileños. Estava enganada. Acabo de descobrir que Madrid é uma lentilha! É tudo afinal ainda mais perto do que eu pensava. Há já quem diga que estou enlouquecida, ou com o síndrome brasileiro do "É já ali adiante", mas enquanto tiver companheiros de passeio que concordem comigo, seguirei convencida de que vim habitar uma cidade grandiosamente minúscula! Adoro!

Hoje concluí a lista das atracções turísticas a visitar, com o passeio de teleférico (esta cidade enlouquece-me!) e a visita ao Templo do Deboche, perdão, de Debod. Deixei de fora algumas igrejas e ermidas, mas considero, francamente, que há um limite de templos religiosos que se podem apreciar verdadeiramente no tempo de uma vida. Acho que atingi o meu.



Voltei ao Parque do Buen Retiro, ainda a pensar como consegui viver tantos anos longe dele. Só há mais um jardim no mundo inteiro que tem este efeito em mim: o Lou Lim Iok, em Macau. Juro que deixei lá um pedaço das minhas entranhas e, de tempos a tempos, tenho que as ir visitar.

Mais uma visita, mais um jantar no Bazaar (super agradável, como sempre), desta vez acompanhado de spin criativo, baseado em personagens bem reais. Uma volta pela Chueca e umas passagens por uns bares da zona, deixam sempre vontade de mais...

Amanhã espera-me uma tarde acrobática a doer e ainda não me passaram as dores nem as queimaduras da semana passada...
Eu sei que a atenção que me é dedicada deve ser partilhada com tantas e tantas questões importantes, mas confesso que gostava de ter alguém que parasse um minuto e me beijasse as feridas...

sábado, 13 de março de 2010

Dia 62 - Chinchón!

Dia de passeio! Sábado solarengo, temperatura agradável (não sei se sou eu que estou insensível, mas não tenho frio nenhum...), mesmo a pedir passeio!
Fomos a Chinchón! Uma terrinha a cerca de 50 km de Madrid, que parece pertencer a outro mundo. Muito sossegado, com ar do campo e uma praça central (a Plaza Mayor) onde podíamos rodar um filme medieval! A Plaza Mayor costuma ser utilizada para touradas, por isso que mantém o chão em terra batida, o que lhe dá um ar ainda mais... hmmm... arcaico! Uma delícia!


É claro que o passeio não estaria completo sem umas aventuras com a Amália, mas já acho que os nossos arrufos são o que dá cor à vida!


O regresso a Madrid é cada vez mais um regresso a casa, mesmo que só tenha ido ali adiante. Sabe-me sempre bem apanhar a M-40 em direcção a sul.
Um minuto mais longe de Lisboa...

sexta-feira, 12 de março de 2010

Dia 61 - Un dia gris...

Pois o sol lá se foi e nem sinal da neve. Ninguém merece! Não fossem os ursos da Argentina, tingidos na Chueca, hoje ninguém me animava. Vivam os ursos da argentina e os medronheiros de madrid! E o kilómetro zero! Ahhhhhhhhhhhhhhh, tenho saudades do buen retiro!

Que me perdoe quem ainda tem paciência para me ler, mas eu hoje estou num dia daqueles...
Acho que o melhor é mesmo passar à frente e ler já o dia 62, a ver se tem alguma coisa de jeito! Ou então ver só as fotografias, que é melhor ainda.
Que raio de ideia, escrever um blogue! Como se eu tivesse alguma coisa interessante para dizer! Há com cada estupidez...

Bom, tenho a dizer a quem insistir em ler este disparate, que a aula de trapézio me deixou toda esfolada e toda negra. Nada de novo. Estamos a trabalhar uma sequência super guay (sim, esta palavra agora faz parte do meu vocabulário), mas que duele un montón! Não é que exija muita força ou seja um grande esforço físico, mas entre a barra e as cordas do trapézio, não sei qual é melhor para trilhar a chicha das pernas de meninas metidas a acrobata, como eu! Há com cada estupidez...

A aula de acrobacia excêntrica, pelo menos, tem o Vasily. Que é uma pessoa que sabe sempre o que nos faz bem! Qualquer dia dou-lhe um beijo na testa(isto agora soou a frase Nicola, desculpem lá)!
Continuamos a trabalhar com flics e mortais por cima uns dos outros! Muito bom! Como não estava ninguém de paparazzi, não há fotografias para ninguém! Temos pena! Se quiserem fotografias, leiam a Hola!, que ao menos traz a família real! Nas fotos, não é de brinde!

Bem, a minha estupidez hoje não tem limites! Peço desculpa aos leitores habituais e prometo que amanhã será melhor. Bom, pensando bem não prometo nada! Diz que amanhã está céu nublado e eu sinto uma neblina bem estranha a vir por aí abaixo!!! O Tobias já se escondeu debaixo dos lençóis! E ele tem um sentido apurado para estas coisas. Claro! É urso!!!

Sabem aquelas coisas que se dizem, das pessoas que vão para o exílio e enlouquecem? Tudo falso!
Hmmm... Estou a sentir falta de um toblerone... Acho que fui mordida por um chinchón!!! Pááááááááára!
Oh, da igual!

quinta-feira, 11 de março de 2010

Dia 60 - Adeus Palhaço!

E faz hoje dois meses que aqui cheguei, sem saber bem o que aqui estava a fazer e cheia de saudades de casa... Realmente, o que custa é o princípio...

Depois do corre-corre da troca de visitas, leva este, traz aquele, voltei ao ritmo circense!
Consegui a troca da aula de clown (que, confesso, estava a odiar!) pela de portes acrobáticos (que andava a namorar há muito tempo!!!)

E logo, Vasily!!! Uma aula a bombar, com gritos de dor, ao bom estilo das boas aulas do Vasily!
Sim... mas inclui a maravilha acrobática do dia: pino com uma mão!



Depois disso, como eu previra, a continuação da fiesta (não sei o que se passa esta semana...)!
Este pessoal está a ver se me mata! "No hagan eso!!!" (Ah, haja alguém que me compreende!!!)

Outra maravilha do dia, embora não sendo minha: já tenho uma internet decente!!! Wiiiii!!!! Com um simples click no sítio certo, meses de tortura e desespero chegam ao fim, criando agora a possibilidade de um blogue cheio de fotografias! Quem sabe, sabe!
Gracias!!!

quarta-feira, 10 de março de 2010

Dia 59 - Un Cumpleaños de P. Madre!!!

Um dia fantástico!!!
Um belo almoço num restaurante da Chueca, para provar uma boa paella, um passeio pelas deliciosas calles do centro e zarpar para a escola, onde descobri que não havia aula de dança... Aproveitámos a tarde para fazer o treino livre, que nunca podemos fazer porque temos aula! Muitos portes e acrobacia e ainda um ensaio da coreografia de dança! Acho que desta vez ya lo tenemos!!! Ufa!!!



Quando acabámos, tive direito a bolo de anos, com velinhas, espumante, Parabéns cantados e muitos beijos! Sim, Inês, do Argentino também!!!

Daí, seguimos em direcção a um bar de tapas, com o carro a abarrotar e uma das meninas no porta-bagagens! Muito bom! Muito disparate depois, seguimos para uma disco-night... e depois para outra... Moral da história, pulos e saltos até às 4h da manhã!

Foi um aniversário dos bons! Mas ainda assim, tenho impressão de que não fica por aqui...

terça-feira, 9 de março de 2010

Dia 58 - Finalmente os Tugas

Lá descansei um bocado esta noite, para tentar recuperar as duas anteriores, mas ainda não chegou. Desconfio que passo o próximo fim-de-semana a dormir... Bom, talvez não todo...
As aulas correram bem, apesar de algumas energias menos favoráveis andarem a rondar... (Estarei a ser ruim? Espero bem que sim!)
A aula de Tecido, com novos "truques" e em Pantomima já temos tantas coisas que já dava para fazer um espectáculo inteiro!!!

Depois das aulas (fresquinha, como sempre!) fui parar à Casa Lusitana, onde estava uma parte da comunidade Tuga a ver o jogo do Porto. Sem comentários...
Deu, pelo menos, para conhecer alguns dos Tugas de quem vou recebendo notícias e comentários por aqui. Cada dia que passa estou mais enraizada aqui...

À meia-noite começaram os telefonemas de Portugal!!! Muito bom!!!

Ah! O Vasily deu-me um bouquet de chupa-chupas, como prenda de aniversário, já que não vai estar na escola amanhã! Adoro este homem!!!

segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia 57 - Da igual

Depois de duas noites mal dormidas, uma por farra (sim, confesso) e outra por me armar em carochinha a limpar esta Catedral do Pó, começo a semana com duas aulas de acrobacia seguidas, para abrir a pestana!

Fui, finalmente, experimentar a aula de Portes Acrobáticos com uma colega levezinha, para eu poder servir-lhe portor. Assim que falámos com o prof. para pedir para fazer a aula, ele olhou para nós e perguntou onde estava o nosso portor. Não, não me deixo ir abaixo! Depois percebi que todos os portores são homens. Grandes. Ou pelo menos largos. Mas não me deixo ir abaixo. Houve um que me perguntou se era portor e que soltou uma gargalhada quando eu disse que sim. Depois de eu ter feito tudo o que me propuseram e de termos conseguido, as duas, fazer portes bem fixes, lá sossegaram.
Se há coisa que não suporto é que me digam o que é que eu não posso fazer.

A maravilha acrobática do dia foi, claro, o que fizemos na aula de portes. Se bem que vale um pontinho a cara do prof quando percebeu que eu estava a levar aquilo a sério. Soube bem!

Por alguma razão, hoje não comemos Toblerone. Deve ser da constipação.

Parece que cada vez estou mais longe de Lisboa...

domingo, 7 de março de 2010

Dia 56 - Acho que queimei a cara!

É oficial! Tenho a cara queimada do frio... Mas há alguma coisa que não me doa?

Depois de uma tentativa frustrada de ir assistir ao espectáculo de circo da Companhia Vietnamita...ahhhh ... (acham mesmo que eu sabia o nome da companhia? Eu dormi 4 horas esta noite, tenham piedade!). Dizia eu, que depois da tentativa frustrada (graças à organização de convites made in Carampa! Carampa 1 - Susana 0), e sem vontade de acabar de arrumar a casa, enchi-me de Madrid. Pelos olhos, pelos pés, pelas orelhas, pelos poros... Agora que consegui, finalmente, queimar a cara com o frio que apanho, posso ir-me deitar descansada e toda besuntada de creme... A minha tótózisse está a tomar proporções aterradoras. Não sei se chame a minha mãe para pôr fim a isto, ou a minha irmã, para o elevar à potência máxima e ver o que sai! A lo mejor, até era uma experiência criativa interessante. E produtiva! E eu bem preciso, que tenho uma coreografia para criar...

Peço perdão a quem não está habituado a aturar-me com horas de sono a menos, ou a meio de um processo criativo, mas o efeito das duas situações é mais ou menos o mesmo e eu estou actualmente em ambas.
Se, porventura, está agora a começar a ler este blogue, aconselho vivamente a desligar o computador e fazer algo de produtivo da vida. Ou pelo menos algo divertido, que daqui não sai mais do que isto. Não sei se já mencionei que dormi quatro horas...
O Tobias está a mandar-me desligar...

sábado, 6 de março de 2010

Dia 55 - Que grizo!!!

Hoje foi um dia... agridoce! Desculpem, mas prometi que hoje abria com esta frase!

Fomos ver o Monet e a sua obsessão por nenúfares! Lindos! Todos! Uns mais abstractos, outros menos...
A exposição chama-se "Monet e a Abstracção". Uma delícia!

Depois demos mais um passeio pelo Parque del Buen Retiro, mesmo à chuva e com um frio de rachar! Fomos ver o Cabaret de Circo, pelos alunos da escola e acabámos a noite numa sessão de dança daquelas bem boas, à moda antiga! Ainda demos um passeio pelas calles do centro, tarde e a más horas e curtimos a movida!!!

O Tobias sente-se rejuvenescido! Eu receio pelo efeito que isso possa ter no seu apetite... Por via das dúvidas, escondi os Toblerones!

sexta-feira, 5 de março de 2010

Dia 54 - Uhhhhhuuuuuuuuuuuu!!!

Decidida a recuperar deste cansaço exagerado a tempo das aulas de hoje, decidi ficar em casa a descansar, até às 17h! Claro que liguei a Carochinha, porque aproveitei logo para lavar roupa, secar roupa, etc, etc. Assim como assim, chovia a potes, o que torna Madrid menos apelativa para passeios...

A aula de trapézio correu bem, sem dificuldades de maior, até porque encalhámos numa figura em que era preciso fazer uma chave de cintura como deve ser e foi preciso ajudar as meninas (juro que a maioria das raparigas da minha turma de trapézio não sabe fazer uma chave de cintura!!!).
Já experimentei as minhas novas botas de trapézio (lindas!!!), mas foram para arreglar uns detalhes, para ficarem mais confortáveis! Devo tê-las na próxima semana!

A maravilha acrobática do dia aconteceu na aula de excêntrica! Pensei que tínhamos atingido o auge excêntrico da semana quando começámos a fazer flics em cima de uma mesa... Mas não!
Eis que o Vasily se lembra de aproveitar os rapazes musculados que treinam ao nosso lado, para nos ensinar a fazer mortais para a frente, de cima dos rapazes! Pusemos o arnês e lá fomos, uma de cada vez!!! Sentadas nos ombros do rapaz, salto e chão! Muito bom!!!!! Uma delícia!!! Adoro fazer coisas com arnês!!!
Para a semana temos que convencer o Vasily a dar a lição nº 2! Bom, e o pobre do rapaz também, claro!

O Tobias diz que sim, que acha tudo isto muito divertido, enquanto se lambuza com muffins de chocolate com Nutella e nozes... Agora não quer outra coisa...

quinta-feira, 4 de março de 2010

Dia 53 - Madrid está para obras!

Finalmente fui conhecer o Parque del Buen Retiro!!! Lindo! Muito lindo!!! É um parque enorme, com um Palácio de Cristal onde se fazem exposições (embora agora esteja vazio), um Palácio de Velásquez (embora esteja em obras), monumentos grandiosos, pequenas estátuas, muitas árvores, flores estranhíssimas (para mim, eram couves pintadas!), pássaros lindos, patinhos, gatinhos e afins! Uma delícia!

Por alguma razão estranha, parece que toda Madrid está em obras! De repente, parece que desataram a fazer obras em tudo o que é sítio: Palácio das Comunicações, Edifício Metropolis, Atocha, Palácio Real... Nenhum destes sítios estava em obras quando eu cheguei (bem, a Estação da Atocha já estava, pronto) e não sei porque raio desataram agora a partir tudo ao mesmo tempo... Acho difícil que esteja tudo pronto para o meu aniversário, pelo que creio que terão outro motivo...

A aula do Vasily correu muito bem e, apesar do meu estado de cansaço extremo desta semana, continuo a sentir que me custa muito menos fazer aquela aula. Sim, gritamos de dor, aqui e ali, mas eu já não grito pela minha mãe nem faço planos para mudar para a aula de tricot. Menos mal!

Toda a gente me diz que não é possível ficar de pança cheia com peixe cozido. Pois eu juro que comi tanto ao jantar, que achei que ía rebentar! Muito saudável, sim: pescadinha, batatas, cenouras, bróculos e ovo! Mas vim da aula com tanta fome que comi imenso e por pouco não tinha espaço para o Toblerone! Tobiiiiiassssss!!!!

quarta-feira, 3 de março de 2010

Dia 52 - Preciso de umas horas de sofá...

Começam a fazer-se sentir os efeitos do fim de semana sem descansar... Estou de rastos e quase não tenho força para as aulas... Tenho que atacar as vitaminas e o gengibre, que amanhã é dia de Vasily!!!

Hoje demos um passeio pelo centro, antes das minhas aulas e já vimos mais umas quantas coisas que me faltavam! Para amanhã planeamos o ansiado passeio pelo Parque del Buen Retiro!
Conheci a velhota mais simpática de Madrid! Fez-me companhia até ao autocarro, quando percebeu que eu estava um pelin perdida (decidi desbravar novos caminhos! Hihihi!!!) e foi de uma simpatia extrema! A mi me encantan los mayores simpáticos!

A aula de malabares correu com a frustração habitual, até começarmos a trabalhar em dupla, altura em que a coisa começou a correr melhor! Está visto, malabares só a meias!

Na aula de dança avançámos com a coreografia maravilha, que está a ficar super guay! Descobri, no entanto, que não consigo pôr vídeos no blogue, pelo que tentarei arranjar outra forma, talvez através do youtube. Ya lo veremos...

O Tobias lançou-se, depois do jantar, numa aventura chocolateira, com muffins de chocolate, nutella e nozes, perante o nosso olhar horrorizado... Não sei o que vai ser daquele urso...
Eu, por mim, estou cada vez mais magra, dá igual!!!

terça-feira, 2 de março de 2010

Dia 51 - Tobias revela-se...

Os passeios por Madrid previstos para hoje foram adiados, devido a uma crise grave de preguicite aguda que nos atingiu da parte da manhã e se prolongou pela tarde!

As aulas correram bem e fizémos algumas filmagens que me ajudarão bastante nos registos que terei de fazer no final do curso.

No entanto, a maravilha acrobática de hoje não foi minha... Foi, imagine-se, do Tobias!
Não contente com o cenário de devastação que deixou hoje na mesa do almoço, quando nos preparávamos para comer um docito ou outro (incidente que nos levou, ao jantar, a comer o jantar e a ceia logo de seguida, antes que se acabassem os doces), foi apanhado em flagrante delito, pendurado no armário da cozinha (não sei onde aprendeu a pendurar-se assim!), para chegar aos chocolates! Estamos atónitas com tamanho arrojo...

segunda-feira, 1 de março de 2010

Dia 50 - Voar para casa...

Continuo a achar estranho estar em Lisboa e apanhar um avião para ir para casa, mas foi isso que fiz. Depois de mais um fim de semana de correria e visitas familiares em terras lusas, voltei a casa e ao trabalho!

Apetrechei a cozinha, recheei o frigorífico e corri para a escola, onde o argentino começava mais um treino cheio de brincadeiras acrobáticas!

Apesar das dificuldades inerentes a uma segunda-feira (fico sempre perra), lá houve direito a umas pequenas maravilhas em portes, que é o que nos enche a alma!
Reintegrada no ambiente do circo e pronta para uma nova semana! Allez Hop!

Para finalizar o dia, nada como visualizar as filmagens fortuitas que a Inês fez da aula... e não só...;)

domingo, 28 de fevereiro de 2010

As fotografias!!!

Finalmente, tenho acesso a uma ligação melhor que a do Uganda, pelo que aproveito para publicar algumas fotos que andava a guardar!


 
Na aula de trapézio a treinar com as colegas...

  
A aprender a pendurar-me pelos calcanhares...
(pensei que me iam explodir as panturrillas)


 

Eu com o meu adorado Vasily!



A felicidade de chegar à escola para mais um dia de treinos e dor!


La paloma no trapézio
(reparem que estávamos a treinar com as pernas atadas...)


A treinar (e a calejar) uma só curva no trapézio...


 
A minha gata da escola, no balneário barafunda!























 Porque é preciso treinar até que deixe de doer...















Todas alinhadas a fazer abdominais!



















A alongar enquanto vemos what's next!