sábado, 20 de março de 2010

Dia 69 - Não volto ao Retiro sem máquina fotográfica!!!

Nem sei por onde começar! Digamos que, a partir do momento que passamos os gloriosos portões do Buen Retiro, tudo pode acontecer!!! É onde todas as personagens raras se cruzam, como se o cosmos organizasse uma pequena feira de horrores... mas no bom sentido... (onde é que eu já ouvi isto?). E se Madrid é uma lentilha, o Retiro é... um grão de açúcar! De modo, que encontramos todas as personagens bizarras, ainda que estejamos sossegadinhos a treinar no nosso cantinho...
Desde a Sarita, uma peruana com sérios desequilíbrios emocionais e uma grande paixão pelo Luca, ao professor-palhaço de literatura!!! Uma ternura, na verdade! Bom, pelo menos quando passamos a fase inicial de medo... E aqui as pessoas são todas muito... hmmm... físicas!

Finalmente comi uma bela pasta, hecha por una italiana! Estava riquíssima! De qualquer coisinha se faz una fiesta...

Acho que andei 200 km hoje! É que é tudo tão perto, que vamos caminando para todo o lado... Estive mesmo para vir a pé para casa. Mas como já era tarde, fiz a parte final de autocarro. Poupei uns 3 Km... Na verdade só fiz 197km! Amanhã recupero! Combinámos novo treino no retiro e JURO que levo a câmara!!!

O Tobias está tranquilo e feliz e até se esquece que há Toblerone no armário... Agora é que se lembra de comer saudavelmente... Ele há ursos...

O caminho para Lisboa está cada vez mais longo...



PS - Para trás, nem para ganhar balanço.

3 comentários:

  1. :) Isso que te está a sair um bom retiro!

    ResponderEliminar
  2. Por isso é que o retiro é um ponto fundamental na encruzilhada de paco e mole

    ResponderEliminar