quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Here I go again...

Finalmente, com uns dias de atraso (vamos, duas semanas!), actualizo o blogue com as notícias da mais recente adenda ao curso de circo em Madrid.

Graças à generosidade de alguns familiares disfarçados de Pai Natal e de uns amigos muito hospitaleiros, fiz mais um curso intensivo, numa corridinha de "vou ali pendurar-me um bocadinho e venho já", aproveitando para palmilhar o chão da minha outra terra, quase a beijar as paredes de saudades!

Como não levei computador, que com a malinha que podia levar na easyjet mal me cabiam os chocolates (essenciais, como sabemos, à manutenção energética numa actividade deste calibre), não pude escrever diariamente como era costume, pelo que farei agora o resumo da paródia, digo, da dura sessão de trabalho!

Antes de mais nada fui jantar, logo à chegada, a uma hamburgueria que me foi recomendada cá. Eu fui ver lá mesmo na origem da coisa.




 Aqui mesmo! Hamburguesa Nostra. Não está mal, mas quem me tira o H3 tira-me tudo!
Ainda que eles ofereçam duas belas azeitonas de entrada:







E um bombom de sobremesa, que eu fui mais rápida a engolir do que a fotografar! Fica para a próxima!

Depois de jantar, nada como ir ao beija-mão, que é como quem diz, ir cumprimentar o sr. Urso e o se Medronheiro (para quem não sabe, símbolo da cidade de Madrid. Em Lisboa temos dois corvos negros, em Madrid temos um urso a embebedar-se fortemente com os medronhos maduros. Nada más que decir...!)




E como os açúcares são essenciais, toca a ir comprar umas bolachinhas, não vá dar-me a fome a meio da aula amanhã!
Algo vos soa mais apropriado que os voadores (vá, atirados de catapultas) Angry Birds?
Esta é para o André!







Posto isto, e depois de constatar que os toblerones de 400gr (os que valem a pena) custam no Corte Inglés, em Madrid, metade do que custam cá no Lidl (e sabendo que para trazer uns teria de deixar em madrid a minha roupa), fui para casa dormir uma das mais geladas noites da minha vida!
Ah, salvaram-me as meias que me deu a mãezinha!!! 







Das aulas propriamente ditas, há pouco que ver, por isso deixo para o fim! Agora vamos à visita à Carampa, a minha escolinha do coração, que me traz tantos recuerdos... Ai, ai...





























E o caminho da escola? Desagradável, não é...? ;)



Hihihi!!!

Posto isto, resta-me mostra s 3 melhores de Madrid, cada um no seu segmento e sempre, sempre, sem contar com o sr. Urso!



O Mercado de S. Miguel                                                                                        (onde se inspiraram para fazer o novo mercado fashion de Campo de Ourique)


















Uma loja dispensa apresentações


Afonso: o bébé mais simpático de Madrid! Sim, é claramente português!




Agora, quanto a acrobacias propriamente ditas, deixo-vos dois pequenos exemplos!

Uma primeira tentativa atrapalhada na lira:


(Este vídeo tem o problema qualquer, hoje não quer carregar! Vou tentar amanhã!)













E um que sai bem à primeira no trapézio!




video












quarta-feira, 1 de junho de 2011

Regresso...

Às vezes, quando o regresso não é o que se esperava, ficamos na dúvida se chegámos realmente a casa, ou se é só mais uma paragem no caminho...

sábado, 21 de maio de 2011

O show...

Afinal era possível...!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

O exame final!!!

              
   A intimidante pandilha de jurados...




E a intimidada finalista!

quinta-feira, 21 de abril de 2011

E agora começa a dilacerar-se o meu coração. Dividido entre a metade que quer desesperadamente voltar para casa e a metade que encontrou a casa aqui. Nunca mais estarei inteira...

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Tenho a impressão de que toda a minha roupa me está a ficar curta nas mangas... Onde quererão chegar os meus braços?

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Joelho de Aquiles

Final da primeira semana de trabalho de 2011. Sim, a meio de Fevereiro!
A lesão no joelho atirou-me para o sofá e a limitação física atirou-me para o desalento!
Apesar do refúgio culinário e do singular apoio familiar, um mês sem acrobacia nem dança foi capaz de me levar à exasperação...
De modo que assim que me apanhei em cenário acrobático, até o joelho começou a dar sinal de recuperação!
Por isso, ontem subi a um trapézio! Não tinha planos de o fazer, mas disseram-me as palavrinhas mágicas: "Ensinas-me...?"
Nada a fazer, não tenho como resistir...
Agora, já com a alma restabelecida e com planos a fervilhar na cabecinha, vou a Lisboa fazer um pouco de malabarismo com datas e projectos, enquanto faço a fisioterapia (assumindo, claro, que a seguradora um destes dias acorde para a vida e autorize os tratamentos, mas isso são outros quinhentos!).
Conto regressar depressa. Conto regressar mais forte. Conto meter-me em sarilhos no entretanto! Aí está outra coisa que não consigo evitar! Está-me na massa do sangue!

Trying to close Pandora's box, because it's too late to go back to yesterday... Qué narices te pasarán...?